domingo, abril 11, 2010

Controle remoto


Querer controlar as pessoas é um dos grandes erros da humanidade. Nada e ninguém é controlável, mas a gente resiste a esta idéia.
Quando um tenta controlar o outro, estes mentem, se fecham, se afastam... Mera estratégia de defesa. Diante de imposições, qualquer um se sente acuado, sem luz e sem alma para se colocar e agir com liberdade.
E qual a diferença entre querer controlar e querer influenciar? Influenciar é algo que vem com uma proposta mais aberta, não invasiva: passar determinados conceitos sem aquela vontade doentia de dar ordens.
O fato é: ninguém é de ninguém. Gostar não é prender, é soltar.
A gente procura naturalmente as pessoas que nos deixam à vontade. É interessante... Você deixa o indivíduo confortável por não querer dominá-lo e ele se sente tão bem que procura você. Começa a gostar de você, 'do nada'.
A grande conquista, portanto, é estar em si. É estar na própria luz. E neste caso, o amor, o carinho e o bem chegam. Mais cedo ou mais tarde.

1 Comentários:

Às 14/04/2010 00:50, Blogger colorida & irritada disse...

Fiquei sem palavras pra comentar, porque você já disse tudo. Falar mais o quê? É isso!

É simples assim e difícil assim.

 

Postar um comentário

<< Home