domingo, maio 23, 2010

Hold My Hand



[medo nº 4]
[e ainda que certos medos se encaixem no meu lugar de encaixe,
não me desvio.
não te aperto.
não nos separo.]


Agora preciso da tua mão,
não para que eu não tenha medo,
mas para que tu não tenhas medo.
Sei que acreditar em tudo isso será, no começo,
a tua grande solidão.
Mas chegará o instante em que me darás a mão,
e não mais por solidão, mas como eu agora:
Por amor.

_ Clarice Lispector.

1 Comentários:

Às 27/05/2010 20:21, Blogger .: Tatiana Monteiro :. disse...

"Viva sempre a favor do tempo, sabendo que perder tempo é desperdiçar a vida e correr contra o tempo é maltratar o coração."

 

Postar um comentário

<< Home